Para acompanhar uma xícara de café são várias as opções de comida e no nordeste a opção preferida é a tapioca. Amante das duas iguarias, o chef Rodrigo Oliveira, do Mocotó, um dos restaurantes mais pernambucanos de São Paulo, resolveu unir os dois ingredientes fazendo surgir a tapioca de café.

A proporção é de uma xícara de café (50ml) para cada quilo de polvilho. O café já deve estar coado e frio. Junte uma pitada de sal, o café, água e o polvilho. Vá misturando até virar uma farofa bem granulada.

 Com o fogo baixo, peneire essa massa e espalhe uma porção individual sobre uma tapioqueira ou frigideira antiaderente, espere firmar e então vire a massa. Sobre ela, espalhe um pouco de doce de leite e chocolate e espere o recheio esquentar para então fechar a tapioca.

Caso a massa fique borrachuda é porque está muito úmida, para arrumar coloque mais polvilho. Se ela ficar quebradiça, adicione mais café.

Nossa Equipe

  • Romoaldo de Souza

    • Editor

    Radialista, jipeiro, jornalista, amante da boa conversa e do bom café, cidadão, torcedor, pernambucano.

  • 1
  • 2
  • 3